1. I have started the new week 1 FerrariChat Update poll, please vote... http://www.ferrarichat.com/forum/threads/ferrarichat-com-update-week-1-poll.560487/
  1. DOliveira355

    DOliveira355 Karting

    May 5, 2015
    58
    Boa tarde a todos,
    Antes de mais peço desculpa por andar "longe", mas a verdade é que tenho andado na minha busca por um 430 em bom estado e a preço correcto!
    Quero agradecer ao Tiago (430 Modena) a preciosa ajuda que me têm dado!
    Sem a ajuda deste, tão competente, desinteressada e apaixonada, não estaria tão bem munido de informação para fazer a escolha mais acertada!
    O Tiago é um grande apaixonado por esta marca, e será para mim motivo de orgulho ser alvo dos seus concelhos e reflexões, bem como da sua amizade.
    Pode ser que em breve se concretize o meu sonho....
    Aproveito para partilhar que um dos carro que estou a seguir esteve parado 3 a 4 anos (parado mesmo sem andar). Por outro lado t~em poucos kms, o que num Ferrari é motivo de valorização.
    Claro que é vendido com uma revisão completa na marca, mas mesmo assim tenho receio que tanto tempo parado possa trazer no futuro surpresas desagradáveis!

    A todos um grande abraço.
     
  2. AlfistaPortoghese

    AlfistaPortoghese Moderator
    Moderator

    Mar 18, 2014
    2,153
    Portugal
    Full Name:
    Nuno
    Viva Diogo, boa noite!

    Antes de mais, quero endereçar-lhe os parabéns pela sua perseverança e por não abdicar do seu sonho! Quando assim é, o carro certo acabará eventualmente por surgir. Como costuma dizer uma pessoa que me é muito querida, "o que é para ser nosso, já está guardado mesmo sem sabermos!".

    Relativamente às palavras que dirigiu ao Tiago, não só me revejo inteira e absolutamente nelas, como concordo entusiasticamente. Creio que nenhum entusiasta e nenhum proprietário que tenha passado pelo FerrariChat não tenha a agradecer encarecidamente ao Tiago, pela pessoa sempre disponível e amável que é e também pelo conhecimento sem rival que ele possui sobre todo e qualquer tema remotamente relacionado com a Ferrari, em Portugal ou fora de portas. Pessoalmente, consigo resumir o assunto de forma sucinta e simples: logrei encontrar os meus Ferrari de sonho graças ao Tiago, que altruisticamente me salvou dos mais diversos erros de principiante e de ignorância, ambos possivelmente muito onerosos, em detrimento do tempo pessoal e profissional do Tiago. Por estas razões que jamais esquecerei, estarei sempre grato e reconhecido.

    Relativamente à questão que o Diogo colocou à comunidade, sobre o F430 que encontrou:

    A kilometragem pode, em muitos cenários, dizer muito pouco ou praticamente nada sobre o uso passado a que o carro foi sujeito, ou sobre a condição mecânica actual do mesmo.
    Existem Ferraris com 20.000km que, ao longo da sua existência, nada mais conheceram além de arranques a frio, piões ou manuseamento incorrecto das caixas manuais ou F1, por inoperância do(s) anterior(es) proprietário(s).
    O desgaste interno mecânico a que um carro destes foi sujeito, será certamente o equivalente ao triplo ou quádruplo dos kilometros indicados no painel. Esteticamente e para efeitos comerciais, a reduzida kilometragem é um trunfo que potencialmente ocultará facturas avultadas a curto ou médio prazo.

    É sempre preferível, na minha modesta opinião, uma viatura com menor kilometragem. Apenas ressalvo que inferior kilometragem, via de regra e por si só, não é atestado de saúde mecânica da viatura. É um indício, uma pista, mas não um facto nem um atestado acima de qualquer dúvida e prova. É preciso aferir histórico e manutenção, de preferência com facturas. A diferença entre uma viatura, por exemplo, com 20.000km ou com 40.000km, não é de monta, se a viatura com maior kilometragem sempre foi mantida a tempo e horas no representante oficial. Os Ferrari funcionam ainda melhor se usados regularmente.

    Os Ferrari mais recentes (em especial pós-2008), são carros de tal forma fiáveis e robustos, com uma manutenção simples e menos onerosa (quando comparados com carros da década anterior, a de 90), que a kilometragem deixa de ser um factor decisivo, ao invés do que se verificava até às décadas de 80 e 90 do século passado. Defendo e advogo que terá de existir, de futuro, uma alteração de paradigma relativamente à forma como a variável kilometragem afecta o valor dos Ferrari mais recentes. A diferença entre, por exemplo, um 308 ou Mondial com 15.000km e outros que tais com 50.000km era abissal em termos mecânicos e de desgaste variado. Hoje em dia, um 458 ou um 488, uns com 10.000km e outros com 30.000km, a diferença é irrisória e, sobretudo, não justifica a diferença de preço entre uns e outros, não compensando o "premium" a pagar pelo exemplar de menor distância percorrida. Além de que o impacto de 30.000km num Ferrari moderno é infinitamente mais reduzido do que o era num Ferrari das décadas de 80 e 90. Actualmente, os Ferrari lidam tão bem com o uso e a kilometragem quanto qualquer carro do dia-a-dia, daí que Ferraris com mais de 100.000km sejam cada vez mais frequentes, facto que saúdo.

    Quanto a mim Diogo, se me permite, após 3 ou 4 anos da mais absoluta hibernação, o que há a fazer é não dar à chave a todo o custo! O facto da viatura ser entregue com revisão no representante oficial reduz o risco imponderável e se o Diogo conta com os conselhos do Tiago, então não precisa de rigorosamente mais nada para fazer a melhor compra deste mundo.

    O Diogo já viu o F430 em questão? Que tal foram as suas impressões? Além das questões puramente frias, lógicas e racionais (como mecânica e preços), a compra de um Ferrari também tem muito que ver com a forma como somos impactados pelo carro que vamos conhecer e negociar!

    Agradeço e retribuo o seu abraço, estimado Diogo. Continuação de boas pesquisas e negociações. Permanecemos aqui para o ajudar e muito agradeço as suas partilhas com a comunidade!

    Nuno.
     
  3. F430Modena

    F430Modena F1 Rookie
    Silver Subscribed

    May 26, 2005
    3,117
    Portugal
    Caros amigos Diogo e Nuno,

    Desde já agradeço as vossas palavras.

    Diogo,

    Para mim tem sido um prazer poder ajudar na escolha do 430, tem sido uma grande odisseia mas para cumprir o teu sonho é preciso ter paciência e ponderar muito bem o passo que vais dar.

    Julgo que desta vez vai correr melhor, entretanto cada dia que passa vais entrando no "mundo ferrari", tens a oportunidade de aprofundar o teu conhecimento e dialogar com as pessoas certas.

    Sobre o 430 em questão já te dei a minha opinião por mail ;)


    Grande Abraço,
    Tiago
     
  4. AlfistaPortoghese

    AlfistaPortoghese Moderator
    Moderator

    Mar 18, 2014
    2,153
    Portugal
    Full Name:
    Nuno
  5. F430Modena

    F430Modena F1 Rookie
    Silver Subscribed

    May 26, 2005
    3,117
    Portugal
    Olá Nuno,

    Existe o factor que tem de ser vermelho :)

    Grande abraço
     
  6. DOliveira355

    DOliveira355 Karting

    May 5, 2015
    58
    Boa tarde estimado Nuno,
    Conforme já disse o Tiago, existe uma premissa da qual não abdico; têm de ser vermelho!
    De qualquer modo estou convicto que em breve aparecerá o negócio certo e o Nuno e o Tiago serão certamente das pessoas a quem mais estou grato por todo o apoio que me têm dado nesta incansável busca por um negócio justo pata todas as partes!

    Apenas um à parte; o "meu" 355 (meu é como quem diz pois já não é meu desde 2015 e foi meu só por 3 semanas) está à venda na Franco Automotive (foi precisamente o Francisco Franco que mo comprou na altura em que ainda trabalhava junto com Fernando Soares), e o carro está à venda por 89.500 €
    Sendo certo que em 2015 mudou carreiras e fez uma grande revisão no falecido Paulo Nobrega (levou colectores Tubi , pneus etc etc), não deixa de ser um valor em que ninguém apostaria à 3 anos!
    Vendi o meu por menos de metade desse valor....no estado em que estava, e acredito que tenham sido gastos no mesmo uns 10.000 a 12.000 E; no entanto e olhando bem para as fotos que o Franco têm do carro dá para ver que os interiores precisam de muito detalhe ( o carro inclusive no bordo do tablier ao pé do volante e que recobre os manómetros têm bocados da pele raspados (dá a ideia que o antigo dono devia usar anéis e quando virava o valente raspava no tablier).
    O carro quando o vendi não tinha um único painel que não tivesse um retoque de pintura e ainda por cima mal feito. Não consigo ver nas fotos se isso foi resolvido, mas....

    Eu quando comprei o carro já contava com um investimento em detalhe, não contava era com 10.000 E de reparação só em mecânica, no entanto quem o comprou já fez um bom encaixe e acredito que embora ache que o carro não vale, vá aparecer quem o compre ao Franco, que também vai fazer um bom encaixe....
    E é isto que ocorre nos stand conceituados de Lisboa em muitos casos; o mesmo grupo de clientes compra e vende, muitas vezes com margens boas nuns casos e péssimas noutros ou percas avultadas mesmo, sendo que os proprietários dos Stands esses sim ganham sempre, e não é pouco!

    Apenas uma ressalva, se alguém do chat estiver interessado no 355 que está no Franco, atenção que o carro quando o vendi não tinha catalisadores! Não sei se puseram ou não mas fica a ressalva....

    Um abraço a todos
     
  7. Tired of seeing this ad? Upgrade now
  8. AlfistaPortoghese

    AlfistaPortoghese Moderator
    Moderator

    Mar 18, 2014
    2,153
    Portugal
    Full Name:
    Nuno
    Boa tarde caríssimo Diogo, como está?

    Faz muito bem em seleccionar o vermelho como cor de eleição! Gostos não se discutem e compreendo integralmente a sua decisão: o meu primeiro Ferrari foi também vermelho, e à época era uma condição não negociável!

    O F430 não será o primeiro Ferrari do Diogo, mas parece-me pacífico afirmar que o vermelho comporta uma aura clássica e intemporal a qualquer modelo. O Diogo está a contemplar vários tons de vermelho, ou decididamente irá optar exclusivamente pelo Rosso Corsa? Há tempos vi um Rosso Fiorano e fiquei encantado!

    Relativamente ao processo de pesquisa do seu Ferrari, asseguro-lhe que o mérito da compra será todo seu e do Tiago. Apesar de ainda não ter tido o privilégio de conhecer o Diogo, já me é fácil depreender que estou perante um grande entusiasta e, a breve trecho, um proprietário zeloso com quem procuro também aprender.

    Pelo que o Diogo me relata no que concerne o seu antigo 355, estive na presença do seu Ferrari pelo menos por uma vez, nas instalações do Paulo Nóbrega (o meu 355 também precisou de novos colectores... cerca de 3 meses e praticamente 400km após a compra) e, se bem me recordo de uma conversa com o falecido Paulo Nóbrega, numa dessas vezes lamentavelmente desencontrámo-nos por questão de minutos!

    O Diogo tem conseguido encontrar exemplares que lhe agradem? Em Lisboa não conheço muitos F430, mas certamente que continuarei atento!

    Um abraço!
     

Share This Page